Vamos matar a sede no Brasil?

Vamos matar a sede no Brasil?

Um pitch. 

03 minutos de fala.

Uma banca com jurados de peso, representantes de fundos de investimento como Monashees e 500 Startups; e startups como NuBank, Instagram e Yellow.

Você estaria preparado?


Esse foi o desafio enfrentado por Anna Luísa Beserra, biotecnologista e CEO da SDW – Safe Drinking Water for All

Ela, junto com sua equipe, participou do Hack Brazil, uma competição que reuniu 400 startups de tecnologia durante a Brazil Conference at Harvard and MIT, evento organizado por estudantes brasileiros em Boston, nos Estados Unidos. O objetivo era apresentar o Aqualuz: um dispositivo para desinfecção de água de cisterna de captação de água de chuva de zonas rurais através da radiação solar.

Volto a perguntar: você estaria preparado? Muitos sabem da importância de uma boa apresentação em momentos decisivos, mas nem todo mundo conhece o caminho para se destacar.

Diante de uma audiência tão experiente e acostumada a assistir pitches rotineiramente, a Anna precisava impressionar. E contou com a Slidefy para isso.

O nosso trabalho foi ajudá-la com a criação do suporte visual da sua apresentação.

A partir de um roteiro bem elaborado, focamos em criar slides que fossem simples, e passassem a mensagem da forma mais clara possível sem ofuscar o impacto da transformação social que o dispositivo promove.

Alguns slides extraídos do pitch deck da Aqualuz

Adequamos a direção de arte à identidade visual da Aqualuz: as cores, fontes e formas utilizadas se complementavam em uma expressão visual coesa e uniforme.

Slides prontos, chegou a hora do show!

Equipe Aqualuz na Hack Brazil

RESULTADO: A equipe, finalista juntamente com outras quatro startups, ficou em 2º lugar e levou o prêmio de R$ 25.000,00.

Mais do que o dinheiro, todos eles saem mais fortes e inspirados para levar o Aqualuz para mais e mais famílias.

E nós? Saímos orgulhosos, com um grande sorriso no rosto e a sensação de missão cumprida!